ago 28

Clarinha Server Files 8.0

Clique aqui e confira as novidades:

Clarinha Server Files 8.0

 

Entre em contato via e-mail ou pelo formulário do nosso blog:

clarinha-clarota@hotmail.com

ago 27

Latino Priston Tale

Venha conhecer:

www.pristonlatino.com

www.pristonlatino.com/forum

ago 27

Lich Priston Tale

 

Lich Priston Tale 100% FREE

– Site : http://lichpt.ddns.net/

– Facebook www.facebook.com/LichPT

– Grupo : https://www.facebook.com/groups/1614232115499243/

– Servidor PVP

– Experiência 1x

– Drops 5x

– Gold 5x

– Level Inicial 100- Drops Ate 80b

– Itens Ate 80d

– Todos os Itens podem ser obtidos in-game

– Ganhe créditos no JOGO!

– Consiga seus Itens fazendo PVP!

– PvP balanceado de verdade!

– Skill 100% sem BUG!

– Eventos agendados e surpresa!

– Aging até +14

– Sod 3 Coroas (Ouro,Prata,Bronze)

– BC 100%

 

Se você gosta de PVP não perca tempo, venha jogar conosco!

 

 

 

@Email bom é tudo que esta ai acima xD

vem jogar conosco =P

 

jul 03

Notepad++ Ver.6.7.9.2

O mais famoso bloco de notas, faço o download de sua ultima versão:

 

Download
http://www.baixaki.com.br/download/notepad-.htm

 

Notepad++ é um editor de texto e códigos fonte completo que suporta as mais diversas linguagens de programação e, sendo assim, uma ótima alternativa ao bloco de notas.

Dessa forma, com uma ferramenta mais avançada e versátil que outros editores de texto, você tem suporte às linguagens C, C++, Java, C#, XML, HTML, PHP, Javascript, ASCII art, doxygen, ASP, VB/VBS, SQL, Objective-C, CSS, Pascal, Perl, Python, Lua, TeX, TCL, Assembly, Ruby, Lisp, Scheme, Properties, Diff, Smalltalk, Postscript, VHDL, Ada, Caml, AutoIt, KiXtart, Matlab, Verilog, Haskell e InnoSetup.

Possuindo muitas características favoráveis para facilitar o trabalho, como auto-completar, sistema de busca e substituição, interface funcional e navegação por abas, esse software livre se tornou um destaque entre os programadores.

Notepad++ também possibilita a sua personalização pelo usuário, definindo suas próprias linguagens em “User Language Define System” e adicionando muitos outros recursos, através de plugins específicos.

Notepad++

Ainda mais rápido

Com a chegada da sexta versão do Notepad++, vieram também algumas novidades interessantes. Entre elas, a característica de maior destaque fica para o aumento de velocidade na hora de abrir arquivos grandes fazendo com que o tempo de carregamento diminua drasticamente.

O Notepad++ também ganhou uma melhoria útil para quem gosta de programar em Perl: agora, o software tem suporte à PCRE (“Perl Compatible Regular Expressions” ou “Expressões Regulares Compatíveis com Perl”).

Por último, mas não menos importante, o NotePad++ ganhou uma ferramenta para adicionar um mapa de documento ao projeto, através da opção View>Document Map.

Instalar ou não, você escolhe

Se você é do tipo de pessoa que não gosta de fazer instalações em seu computador, este programa também pode ser bem útil. Isso porque a desenvolvedora do software disponibiliza o Notepad++ nas seguintes versões:

  • Zip package: versão executável do Notepad++ no formato ZIP;
  • 7z package: versão executável do Notepad++ no formato 7z;
  • Minimalist package: versão executável direta. É mais leve, mas não possui suporte a temas, plugins ou atualizações.

É importante lembrar que, embora as versões acima não precisem de instalação, o Notepad++ comum é o mais estável. Aqui é uma questão de gosto.

 

jul 03

Dicas de segurança para seu servidor [1]

Confira algumas dicas de segurança para seu servidor e evite ser atacado, ter dados roubados e ou deletados, usarei como base o Windows Server 2003 e o SQL 2003 que são os mais indicados para servidores de priston tale, vamos lá!

 


 

Mantenha seu computador/host atualizado

– Acesse o menu iniciar >> Todos os programas >> Acesse o Windows Update

– Siga as orientações do site da Microsoft

** Atenção, ao final da atualização, reinicie o computador e repita a operação até estar totalmente atualizado.

 

1

2

 


 

Mude a porta padrão do SQL para evitar ataques

 

– Acesse o menu Iniciar >>  Todos os programas >>

– Microsoft SQL Server 2005 >>

– Configuration Tools >>

– SQL Server Configuration Manager

 

– Acesse a opção SQL Server 2005 NetWork Configuration >>

– Protocols for SQLEXPRESS >>

– Na aba a direita clique em com direito do mouse na opção “TCP/IP” >>

– Selecione “Propriedades

 

– Na janela que abriu escolha a aba “IP Addresses” >>

– Na parte de baixo em “TCP Porte” coloque um número qualquer (Trocando assim a porta padrão de acesso)

– Clique em Aplicar e OK

 

** Dependendo da sua versão do SQL pode estar em português

3

4

 


 

Bloqueando acesso remoto direto ao seu SQL

 

– Acesse o menu Iniciar >>

– Todos os programas >>

– Microsoft SQL Server 2005 >>

– SQL Server Management Studio Express >>

– Faça autenticação do seu SQL (Tanto faz se for via sql ou Windows)

 

– Clique com botão direito do mouse na primeira linha aonde está a instância do seu SQL (XX\SQLEXPRESS)

– Selecione “Propriedades

5

– Na lista da esquerda, selecione a opção “Connection” >>

– Na parte da direita em “Remote server connections” >>

Desmarque (Retire o X) na opção “Allow remote connections to this server

– Saia fechando a janela normalmente

6

jun 02

[Tutorial] PTProtector reload 1.3b – ServerSide

Olá

Segurança nunca é demais e hoje trago uma ferramenta até que antiguinha mais que é extremamente útil para a proteção do seu servidor, o PT Protector reload 1.3b, ele foi desenvolvido em 2007 e aperfeiçoado em 2010, os desenvolvedores:

DarkKnighH20 (Ideia original e código)

Twenty (Icones)

Gregoo (Atualização)

Esta é uma proteção do tipo server-side, ou seja, funciona juntamente com seu servidor de priston tale e não com o cliente, e ele tem a função de monitorar em tempo real todos os logs gerados e apresentando alguma anomalia ele bloqueia e desconecta o jogador imediatamente assim protegendo de forma efetiva contra esta praga de hacker.

A configuração foi testada em Windows server 2003, XP e 7.

Este programa funciona integrado ao banco de dados ODBC, se seu servidor utilizar SQL.dll, pode mesmo assim configurar o ODBC que não irá gerar nenhum tipo de conflito.

Lembre-se que para iniciar a configuração o seu servidor já deve estar configurado e com o SQL funcionando perfeitamente.

 

Primeiramente vamos configurar o ODBC, siga o passo a passo:

1) Menu iniciar

2) Ferramentas Administrativas (Pode ser acessado via Painel de controle também)

3) Fontes de dados (ODBC)

4) Selecione a aba Fonte de dados de usuário

5) Clique no botão “Adicionar”

6) Role a barra lateral ate o final

7) Selecione a opção SQL Server

8) Clique em concluir

9) Nesta opção digite c8master (Letras minúsculas, extamente como a imagem abaixo)

10) Digite a instancia do seu SQL, no meu caso é PT\SQLEXPRESS e clique em avançar

 

Esta instancia do SQL pode variar, para verificar o seu acesse o SQL

11) Iniciar

12) Todos os programas

13) Microsoft SQL Server 2005

14) A instancia do seu SQl (Em letras maiúsculas)

15) Não altere nada e clique em avançar

16) Adicione um flag (x) na opção de “Alterar o banco de dados padrão para:”

17) Selecione a opção accountdb

18) Clique em avançar

19) Clique em “Concluir”

20) Clique em “Testar fonte de dados..” se tudo estiver funcionando apareça a mensagem de êxito, caso contrário refaça este tutorial.

21) Clique em “OK” e depois em “OK” de novo para concluir a configuração

 

Configurando o PTProtector

Primeiramente extraia o conteúdo em uma pasta e deixe esta pasta aonde achar melhor (Recomendo a pasta raiz do servidor) e execute o programa PTProtector.exe

 

Aba Path

Conforme indicado na imagem abaixo, clique em “

22) Clique em “Browse” e selecione a pasta raiz do seu servidor (Pasta que está a SQL.dll e o .exe do servidor)

23) Selecione a pasta logfile, que tambem fica na pasta raiz do servidor

24)  Selecione a pasta “processed” que fica na mesma pasta do “PTProtector.exe”, se seguiu minha recomendação ela está na pasta raiz do servidor.

 

Aba Core

25) Neste campo você definira de quanto em quanto tempo (Em segundos) o programa irá ler os logs do seu servidor, recomendo algo em torno de 30 ~ 60 segundos.

26) Sobre manter os logs, deixei conforme a imagem 12.

27) Esta parte é importante, você deverá adicionar a porta que o seu servidor trabalha, verifique na descrição das suas serverfiles.

28) Mantenha selecionado este flag, com isso os hackers serão desconectados automaticamente

 

Aba Manager

29) Mantenha a configuração como na imagem, ele irá registrar e banir.

 

Aba SQL

30) Digite a instancia do seu SQL (Conforme etapa 10)

31) Digite o “username” do seu SQL, normalmente é “as”

32) Digite a senha do seu SQL

33) Clique em “Test” se os dados do seu SQL estiverem corretos o programa irá se conectar ao SQL e testar e assim informando se obteve sucesso ou não.

34) Mensagem de sucesso ao se conectar no SQL

35) Mensagem de erro ao se conectar, refaça a configuração e verifique os dados do seu SQL.

 

Aba General

36) Deixei marcado as opções que desejar, eu deixo todas e depois de ter configurado tudo, clique no disquete para salvar sua configuração.

37) Clique na estrela e abra a pasta aonde está o PTProtector, vamos configurar as contas de GM e os logs hacker

 

Logs de Hackers

Toda ação do jogador dentro do servidor, gera o chamado “log” que nada mais é que uma frase identificando a ação, juntamente a data, hora, local, conta e nome do personagem, abaixo temos um exemplo de log gerado pelo servidor, existem inúmeros tipos de logs e eles ficam na pasta “LogFile” na raiz do seu servidor e é identificado pela data, por exemplo: 4-13.log (Dia 13 do mês 4).

Alguns logs gerados são causados pelo uso de hackers e estes logs são o que iremos adicionar no programa pois caso apresente ele, o programa ir desconectar o jogador responsável, banir a ID dele e desconectar automaticamente.

Atenção!

Antes de sair adicionando todos os logs que achar que é de hackers, deve lembrar que os nomes dos logs variam de acordo com versão do seu executável, as vezes um log é de hacker para um servidor e para outro não e neste caso entra a ação do ADM para saber interpretar e investigar, com o passar do tempo esta ferramenta via ficando cada vez mais eficiente pois irá adicionar os logs reais de hacker.

38) Para adicionar os logs de hacker, abra a pasta que está o programa PTProtector e dentro haverá outra pasta chamada “protector”.

39) Dentro dela terá um arquivo chamado “error_library.txt”, abra ele com o bloco de nota e adicione os logs identificados como hackers e lembre-se de deixar sempre a mensagem “:ban %1” na frente.

 

Exceção do GM/ADM e Vip

40) As contas de Gms, adm e vips, podem gerar logs de hacker pois utiliza alguma função permitida e neste caso pode ser inserida uma exceção a conta e liberar seu acesso, basta acessar a pasta “protector” e abrir com bloco de notas o arquivo “excluded_account.txt” e nele adicionar a ID que terá a exceção.

41) Por fim clique em “Start”para inciar o programa.

 

Donwload do PTProtector

https://mega.co.nz/#!yZ9hgB5T!WGuP-JMUAl4Nd0PVpBdpXVmo3z0zTJob5AqPa5Kxv-E

 

 

abr 07

Clarinha ServerFiles – Versão 7.2

Apos inúmeros pedidos, estou colocando a venda a ultima versão dos meu arquivos, esta repleta de novidade!

Estarei disponibilizando apenas 3 copias, caso realmente tenha interesse,entre em contato via e-mail:

clarinha-clarota@hotmail.com

Eu respondo com o valor e a descrição completa.

Por favor somente entre em contato se tiver interesse, trata-se uma versão profissional e destinados a Administradores sérios.

Att,

Clarinha

fev 18

Possíveis erros de autenticação no SQL

A instalação do SQL Server 2005 pode ser considerada relativamente tranquila, tanto do servidor como das estações. Entretanto diversos outros componentes podem interferir no sucesso da comunicação das estações com o servidor.

Desta forma, o objetivo deste artigo é abordar algumas destas situações de problemas no funcionamento da comunicação do cliente do banco de dados com o seu servidor, juntamente serão apresentadas algumas das soluções para estes problemas.

 

Error 26:  Error Locating Server/Instance Specified.

 

Causa: o nome do servidor que está sendo informado para conectar está errado.

Solução: corrija o nome do servidor e tente conectar novamente.

 

Causa: o serviço do SQL Server não está carregado no servidor.

Solução: abra a tela de serviços do Windows (Painel de Controle / Ferramentas Administrativas / Serviços) e inicie o serviço do SQL Server.

 

Causa: você está usando o protocolo TCP/IP e a porta do TCP/IP não está informada no servidor ou tem um número diferente do que a estação está tentando conectar.

Solução: abra a tela de configuração do SQL Server na estação (Microsoft SQL Server 2005/Configuration Tools/SQL Server Configuration Manager) e verifique se as propriedades do protocolo TCP/IP estão de acordo com as informações do servidor.

Na Figura 1 vemos a tela principal deste programa, e na Figura 2 vemos nas propriedades do protocolo quais as portas que estão sendo usadas.

18-10pic01.JPG

 

Figura 1. Protocolos habilitados para o SQL Server

18-10pic02.JPG

Figura 2. Configuração de portas para o protocolo TCP/IP

Causa: o protocolo que você está tentando se comunicar com o servidor, não está habilitado no servidor.

Solução: altere o protocolo para um que esteja habilitado no servidor, ou habilite no servidor o novo protocolo.

Na Figura 1 podemos ver quais os protocolos que estão habilitados.

Na Figura 3 aparecem quais os protocolos que serão usados pela estação para a conexão com servidores e a ordem de preferência com a qual eles serão empregados.

 

18-10pic03.JPG

Figura 3. Protocolos usados para conexão com outros servidores

 

Error 40:  Could not open a connection to SQL Server.

 

Causa: o nome da instância está errado.

Solução: verifique o nome da instância. No SQL Server 2005 a instalação padrão cria uma instância com o nome SQLExpress. Por exemplo: no caso de um servidor com o nome ServidorSQL, caso tenha sido instalado com as opções padrões, para fazer referência a este banco de dados seria necessário informar: ServidorSQL\SQLExpress.

 

Error 233: Não há processo no outro extremo do pipe.

 

Causa: o servidor está configurado para permitir somente conexões com autenticação Windows, e você está tentando conectar com a autenticação do SQL Server.

Solução: tente conectar usando a autenticação Windows ou altere a configuração do servidor para aceitar a autenticação do SQL Server. Nas propriedades do servidor na página “Security” em “Server authentication” escolha a opção “SQL Server and Windows Authentication mode”, conforme destacado na Figura 4.

18-10pic04.JPG

Figura 4. Forma de autenticação do SQL Server

 

Error 18456: Falha de logon do usuário ‘usuário’.

 

Causa: o usuário ou a senha são inválidos neste “servidor\instância”.

Solução: corrija o usuário ou a senha. Uma situação que pode ocorrer é o caso de existirem duas instâncias do SQL Server no mesmo servidor, e você estar tentando usar o usuário e senha correto, porém na instância errada.

 

Causa: O usuário está desabilitado no SQL Server.

Solução: solicite ao administrador do banco de dados para habilitar este usuário.

 

 

fev 13

ServerFiles y Clientefull en ESPAÑOL – Base Magic

Segue para download uma serverfile e cliente full totalmente em espanhol, base e configuração são do magic.
Faça um otimo uso!

Aquí para descargar una ServerFile y lleno de clientes totalmente en español, y la configuración básica son la magia .
Hacer un gran uso !

Serverfiles
https://mega.co.nz/#!bM0CnB4A!5Q4HIA_FG-rO8RvbUsSwtAdQx-rHVjO5S6cePsUU5A0

ClienteFull
https://mega.co.nz/#!DNtRRASR!YtBcLQJZLkK9LwPOONsehl_AFzLT-MJuV6D7lIhrzR4

fev 10

Administração de Contas (Sandurr)

Oiee!

Venho trazer para vocês o tutorial de um programa feito pelo Sandurr para administras as contas do seu servidor, ele é ate antiguinho porem é uma mão na roda, vamos lá!

Lembre-se que o programa deve ficar na pasta raiz do seu servidor (Mesma pasta que fica o .exe do servidor)

Download:

https://mega.co.nz/#!6FMRnZCI!4vyb2GmsP7L1COkgICK8uaijkVzoc6iJqy21q-sl1Q8

 

Tutorial:

Img01

 

01 – Clique em “File” e depois “Global Settings”;

02 – Vai abrir uma nova caixa de configurações;

03 – Clique em “Browse…” e escola o local da pasta “userinfo” que está na pasta do seu servidor, no meu caso é: C:\ServidorPT\DataServer\userinfo;

04 – Clique em “Browse…” e escola o local da pasta “userdata” que está na pasta do seu servidor, no meu caso é: C:\ServidorPT\DataServer\userdata;

05 – Marque o X em SQL;

06 – Escreva a instancia do seu SQL em maiúsculo, no meu caso é PT\SQLEXPRESS (Abra seu Sql Express para saber qual é);

07 – Digite o usuário do seu SQL, normalmente é: sa;

08 – Digite a senha do seu SQL;

09 – Clique em Salvar;

Img02

 10 – A imagem 10 demonstra como deve ficar e ao clicar em salva a caixa “Global Settings” é fechada;

Img03

 11 – Digite a ID do personagem em “Account”, pode ser o nick também no espaço abaixo (Lembre-se que o nick deve ser exatamente igual com letras maiúsculas ou minúsculas;

12 – Click em Load para carregar as informações da conta/personagem;

13 – Esta é a senha da ID, pode ser alterada aqui se desejar;

14 – Relação dos personagens da conta, pode escolher aqui o personagem de edição (Veremos na opção Tools mais para frente);

15 – Na opção “Information” é possível banir eu desbanir a conta e ao clicar em “Update Account” é salvo as informações que alterou e isso inclui a senha;

Img04

 16 – Clicando na opção “Tools” podemos ver diversas informações do personagem escolhido, pasta clicar aonde a seta aponta para poder editar/escolher os status que deseja;

Img05

17 – Altera a quantidade de gold/ouro;

18 – Altera a tier que está, valores entre 0 à 4;

19 – Não sei para que serve (Se alguém descobrir me informe que altero aqui);

20 – As informações de do estilo do cabelo/rosto e a armadura que está usando;

21 – Altera os status do personagem;

22 – Altera o nível do personagem (lvl);

23 – Salva os status alterados;

24 – Fecha a caixa de alterações;

25 – Opção de escolher qual Tier o personagem possui, basta marcar o “X” no título de cada skill;

26 – Clicando em cada skill, pode-se ver o nome da magia e editar o lvl e sua porcentagem;

27 – Opção de Salvar as alterações;

28 – Fecha a caixa de edição;

29 – Verificar os itens do personagem;

30 – Fechar a caixa de edição.

Posts mais antigos «